Como suportar o sofrimiento

Por Escritor Invitado

PDF

Por Nancy Leigh DeMoss

Ninguém gosta de sofrer, mas o sofrimento é uma parte necessária e normal da vida cristã. Na verdade, as Escrituras dizem que podemos esperar que as dificuldades e o sofrimentos aumentem (II Tm 2:3; 3:1-4, 13), portanto devemos estar preparadas. Aprendemos do livro de II Timóteo que é provável que soframos como resultado do nosso testemunho, da nossa vida piedosa ou do nosso posicionamento pela verdade (II Tm 1:8; 2:8-9, 17-18; 3:6-8, 12). É provável que soframos também quando somos rejeitadas ou abandonadas (II Tm 1:15; 4:9-11; 4:16), ou como uma consequência natural dos nossos desejos carnais e mundanos (II Tm 2:22).

O sofrimento virá, de fato, mas Deus pode nos dar graça e poder para superar cada provação e para cumprir nosso propósito e missão no Seu Reino. Na sua segunda epístola à Timóteo, o apóstolo Paulo compartilha algumas verdades importantes sobre como podemos suportar nosso sofrimento.

Dez Princípios para Suportar o Sofrimento

1. Não esqueça o por quê você está sofrendo.

Lembre do seu propósito e a Quem você serve! O apóstolo Paulo disse que estava disposto a sofrer pela proclamação do Evangelho, pelo bem dos eleitos e para a glória de Deus. Nosso sofrimento, grande ou pequeno, pode ser usado para alcançar os mesmos propósitos.

"Lembra-te de Jesus Cristo, ressuscitado de entre os mortos... segundo o meu evangelho; pelo qual estou sofrendo até algemas, como malfeitor; contudo, a palavra de Deus não está algemada." (II Tm 2:8-9) "Por esta razão, tudo suporto por causa dos eleitos, para que também eles obtenham a salvação que está em Cristo Jesus, com eterna glória." (II Tm 2:10) "A ele, glória pelos séculos dos séculos. Amém!" (II Tm 4:18b)

2. Lembre que você é um prisioneira de Cristo, não das suas circunstâncias ou de outras pessoas.

"Não te envergonhes, portanto, do testemunho de nosso Senhor, nem do seu encarcerado, que sou eu; (...)." (II Tm 1:8a)

3. Continue firme nos preceitos que você sabe serem verdades da Palavra de Deus.

Não duvide na escuridão daquilo que você viu na luz. Lembre do que você recebeu como resultado da sua salvação em Cristo (II Tm 1:5). Lembre do seu chamado e da graça de Deus (II Tm 1:1; 9-12).

"Mantém o padrão das sãs palavras que de mim ouviste com fé e com o amor que está em Cristo Jesus." (II Tm 1:13)

4. Continue fazendo aquilo que Deus lhe chamou para fazer.

Persevere, mantenha-se no curso e seja fiel, sem levar em conta as oposições e dificuldades (II Tm 4:1-5).

"Pois haverá tempo em que não suportarão a sã doutrina (...). Tu, porém, sê sóbrio em todas as coisas, suporta as aflições, faze o trabalho de um evangelista, cumpre cabalmente o teu ministério." (II Tm 4:3a, 5) 

5. Confie em Deus para lidar com aqueles que se opõem à Verdade.

Não faça justiça com as próprias mãos nem se torne rancorosa e argumentativa.

“E repele as questões insensatas e absurdas, pois sabes que só engendram contendas. Ora, é necessário que o servo do Senhor não viva a contender, e sim deve ser brando para com todos, apto para instruir, paciente, disciplinando com mansidão os que se opõem, na expectativa de que Deus lhes conceda não só o arrependimento para conhecerem plenamente a verdade, mas também o retorno à sensatez, livrando-se eles dos laços do diabo, tendo sido feitos cativos por ele para cumprirem a sua vontade." (II Tm 2:23-26)

6. Lembre das vezes em que Deus te proveu ou livrou.

Seja rápida para louvá-Lo e testemunhar aos outros (II Tm 3:11; 4:16-17).

"Mas o Senhor me assistiu e me revestiu de forças, (...); e fui libertado da boca do leão." (II Tm 4:17)

7. Confie nos recursos que Deus te deu:

- A graça de Deus (II Tm 1:2, 9; 2:1; 4:22).

- O presente de Deus - a sua habilidade da por Deus para serví-Lo (II Tm 1:6-7).

- O poder de Deus (ao invés da sua própria força) (II Tm 1:8; Fp 2:13; Ef 6:10).

- A habitação do Espírito Santo (II Tm 1:14).

- A Palavra de Deus, que a manterá fundamentada e lhe dará perspectiva (II Tm 2:7, 9; 3:12-17; 4:1-2).

8. Lembre que você não está sozinha no seu sofrimento.

Você já tem:

- A presença de Cristo (Mt 28:20).

- As orações de outros crentes (II Tm 1:3).

- A "irmandade do sofrimento" - outros crentes que estão enfrentando dificuldades pela causa de Cristo (II Tm 1:8; Hb 13:3; Cl 1:24).

Cultive essas coisas para conseguir suportar os sofrimentos:

- Auxiliadoras piedosas - Encontre e cultive um grupo de crentes na mesma fé, cuja fidelidade e orações a inspirem e fortaleçam (II Tm 1:2, 4-5; 4:9-13, 19-21).

- Heróis piedosos - leia biografias de missionários e outros crentes fiéis para que Deus possa cultivar fé e sabedoria em seu coração (Hb 13:7).

"Tu, porém, tens seguido, de perto, o meu ensino, procedimento, propósito, fé, longanimidade, amor, perseverança, (...) permanece naquilo que aprendeste e de que foste inteirado, sabendo de quem o aprendeste." (II Tm 3:10, 14).

- A herança piedosa - Conforme você aprende sobre aqueles que vieram antes, você será capaz de incutir fé e coragem na próxima geração. Passe o bastão para outros.

"E o que de minha parte ouviste (...) transmite a homens fiéis e também idôneos para instruir a outros." (II Tm 2:2) 

9. Não importa quão difícil sejam as coisas hoje, você pode encarar o futuro com esperança. Confie na Verdade das Escrituras.

A Verdade é:

- Todos os erros um dia serão corrigidos (II Tm 3:8-9; 4:14).

- O Senhor a livrará de todo o mal - em Seu tempo e modo (II Tm 4:17-18). Nesse meio tempo, aconselhe seu coração de acordo com a Verdade e as promessas de Deus (Salmos 27).

"O Senhor me livrará também de toda obra maligna e me levará salvo para o seu reino celestial." (II Tm 4:18a)

- Todo o seu sofrimento, esforço, labor e fidelidade serão recompensados "naquele Dia", quando os crentes estarão diante do Senhor (II Tm 1:12, 18; 2:12; 4:8; Fp 1:6, 10; 2:16; Tg 1:12).

"Já agora a coroa da justiça me está guardada, a qual o Senhor, reto juiz, me dará naquele Dia; e não somente a mim, mas também a todos quantos amam a sua vinda." (II Tm 4:8)

- Você prestará contas, então guarde o "depósito" confiado à você (II Tm 4:8)

10. Durante todo o seu sofrimento, lembre de Jesus Cristo.

Lembre:

- Sua vida e Seu sofrimento e sacrifício por você (II Tm 2:3).

- Seu triunfo sobre Satanás, sobre o pecado e sobre a morte (II Tm 2:8).

- Seu poder, promessas e presença (Mt 28:18-20).

- O que Ele está fazendo por você no Céu (Jo 14:2-3; Rm 8:34).

"Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma. Ora, na vossa luta contra o pecado, ainda não tendes resistido até ao sangue (...)." (Hb 12:3, 4)

Espere sofrimento - é inevitável - mas não esqueça do poderoso recurso que você tem em Cristo. Confie sua vida ao Seu sempre presente cuidado e controle. Ele te ama e Ele o ajudará a suportar o sofrimento.

Aviva os Nossos Corações.
Usado com Autorização.

Info@AvivaNuestrosCorazones.com