Desafio de 30 dias para as esposas

Por Escritor Invitado

Compromisso durante estes 30 dias

1- Assumo o compromisso de não dizer nada negativo do meu marido, nem a ele e nem aos demais  (sobre meu marido).

2- Assumo o compromisso de dizer todos os dias ao meu marido uma qualidade que admiro nele, e também a compartilharei com outra pessoa.

3- Assumo o compromisso de cumprir com esse desafio, independentemente das minhas emoções e do comportamento do meu marido para comigo.

Para cada dia existe alguns textos que devem ser lidos e meditados, antes de iniciar a atividade.

Dia 1 – Pv 31:11-12.

Agradeça ao seu marido pelo fato dele ter escolhido você como esposa. Mesmo que as circunstâncias no seu casamento não sejam as melhores, deixe-o saber que você se alegra de que Deus tenha unido vocês, e diga que você deseja ser uma bênção para ele pelo resto do tempo que lhes resta viver juntos aqui nessa terra. Fala para ele que você deseja que ele confie em você, e também no compromisso que você assumiu quando se casou com ele.

A hora mais oportuna de expresar gratidão é logo cedo, pela manhã. Como você cumprimenta seu marido todas as manhãs? Ele está seguro do seu amor por ele? Acorde-o com as palavras “te amo” que ele jamais se esquecerá, e também “sou feliz de ser sua esposa”.

Dia 2 – Gl 5:13b.

Que tal foi ontém, o primeiro dia que você começou a abençoar e a encorajar ao seu marido? Foi fácil ou foi difícil, quando você teve que segurar a língua para não dizer nenhuma palavra negativa sobre ele? Esperamos que Deus te ajude a seguir em frente. Se não conseguiu fazer direito, não se desanime, volte a começar novamente. Com certeza seu marido tem muitas atitudes a serem elogiadas, se você de fato prestar atenção.

Hoje, procure observar a forma em como seu marido trata você e a sua família. Ele ajuda na casa de alguma forma? Cuida e dá manutenção ao carro? Conserta o que se estraga? Se for assim, compre algum objeto que o ajude a realizar essas tarefas e coloque um grande laço. Mas tome cuidado para que isso não se torne apenas uma “obrigação a mais em sua lista de tarefas”.

Talvez seu marido não seja de colaborar muito com as tarefas da casa. É responsável e busca soluções para a familia? É cortês com você? Quando você está doente, ele cuida de você de alguma maneira? Te ajuda a tomar decisões? Se preocupa com você? Faça-lhe um elogio pelo desejo que ele tem de ajudar aos outros. Faz com que ele saiba que você vê isso como algo valioso nele.

Dia 3 – 1Co 13:4; Fp 4:19.

O amor é paciente e bondoso. Hoje, seja determinante uma vez mais, em não dizer nada negativo sobre o  seu marido. Converse com ele carinhosamente e com palavras de ânimo.

Se seu marido demonstra consideração por você, deixe-o saber que você nota. Agradeça-o pelas considerações. Agradeça a Deus porque seu marido pode ser tanto sensível, como forte e severo.

Ás vezes é difícil para o homem ser gentil, sensível e bondoso – principalmente se ele não teve  modelos em quem se espelhar. Caso ele não seja uma pessoa atenciosa, suplique a ele sem reclamar. Demonstre a ele que resulta difícil para você lidar sozinha com algumas coisas. E quando ele tentar te ajudar, não insista em querer fazer tudo do seu jeito. Fique contente, diga que sim e o agradeça. Não tenha expectativas de que seu marido deva fazer com que você se sinta mais segura, amada, etc. Lembre-se de que só Deus pode preencher as necessidades mais profundas do seu coração.

Dia 4 – Ef 4:28.

Todos somos responsáveis pelas coisa que falamos, tanto negativas como positivas. Você abraçou o desafio de dizer somente coisas positivas sobre o seu marido (e ao seu marido)? Então te fazemos uma sugestão que tende a tocar o “mundo” do seu marido.

Muitas mulheres não demonstram interesse pela carreira dos seus maridos.

Você explode com seu marido no final de um dia de trabalho, ou você o incentiva e o anima com suas palavras? Uma esposa sábia fará com que seu esposo saiba que ela valoriza e admira o seu trabalho. Demonstre que você se alegra de que ele seja trabalhador. Encontre oportunidades para elogiar seu profissionalismo.

Se o seu marido não tem um emprego, não pode trabalhar ou se recusa a trabalhar, então você terá que ser mais criativa. Busque elogiá-lo por alguma qualidade em seu caráter que você perceba como vital para que ele tenha êxito, tal como, persistência, ser decidido, forte, ter uma mente analítica, dom de organizar, boas relações humanas, determinação, etc.

Dia 5 – Ef 4:29.

Edificar = construir. Faça comentários que edifiquem e não que destruam. Evite os comentários negativos e concentre-se nos positivos.

Você edifica o seu marido diante dos demais, valorizando-o ante seus olhos? Isso é muito importante para os filhos.

Você elogia seu marido perante seus familiares (tanto os dele, como os seus)? A mãe do seu marido sabe o quanto você o ama? E seu pai? Talvez você possa enviar-lhes uma mensagem de elogio ou comentar-lhes quando os veja.  Seja criativa em demonstrar aos seus familiares que você ama, respeita e apóia seu marido – indepentemente de qualquer debilidade que ele tenha em seu caráter.

Dia 6 – 1Co 10:31b.

Você reconhece e admira a criatividade do seu marido, ou critica e despreza seus esforzos? Ao invés de ser negativa, concentre-se em ser positiva. Talvez, você possa fazer com que seu marido veja que seus esforços, são um motivo para dar glória a Deus!

Seu marido é criativo? Ele tem algum talento artístico? Existe “algo” que ele saiba fazer muito bem? Incentiva-o por suas habilidades – seja ela um hobby, música, jardinagem, consertar carros, trabalhar com madeiras, etc. Lembre-se, mesmo que ele não cumpra com seus padrões, elogie seus esforços. Se seu orçamento lhe permitir, compre um livro ou uma revista que o ajude em suas habilidades.

Se é difícil para você perceber o lado criativo dele, entenda que a criatividade dos homens, muitas vezes está relacionada com o seu trabalho. Consiga-lhe algo que o ajude a desenvolver melhor seu trabalho, ou que acrescente valor ao seu trabalho… e deixe que ele perceba que você notou.

Torne o dia dele mais alegre… Elogie seus êxitos em público, enquanto ele te escuta.

Dia 7 – Pv 23:4-5; 8:21.

O dinheiro é a raíz de muitos dos problemas no casamento. Pergunte-se: Tenho tido um comportamento negativo com meu marido na área financeira? Comprometa-se em não falar mal do seu marido nessa área. Descubra um modo de animá-lo e ajudá-lo.

Seu marido administra sabiamente as finanças? Faz bons investimentos guiados pelos princípios bíblicos? Possui uma reserva?  É sábio ao realizar uma compra, verificando várias fontes antes de comprar? É um bom mordomo perante o Senhor? Demonstre a ele o quanto você o admira, por seus esforços em relação aos assuntos financeiros.           Se seu esposo é débil nessa área, anime-o quando ver que ele tomou uma boa decisão. Tente ajudá-lo se ele estiver de acôrdo, organizando seus arquivos ou realizando tarefa prática. Mas se ele prefere que você administre a parte financeira, consulte a opnião dele antes de tomar qualquer decisão que possa afetá-lo.

Dia 8 – Pv 20:6b.

Lembre-se dos compromissos que você fez quando começou este desafio.

A fidelidade é uma qualidade maravilhosa, porém, muito rara hoje em dia, especialmente dentro do casamento.

Você compreende a importância dessa qualidade? Seu desafio será continuar eliminando pela raíz todo comentário negativo, e plantar sementes de ânimo em seu lugar. Você ficará surpresa ao ver o que crescerá.

A cultura contemporânea seduz aos homens para que sejam infiéis aos seus votos matrimoniais e aos compromissos espirituais. Admire a fidelidade do seu marido, o quanto ele é leal a você. Deixe ele saber que você se alegra porque ele vem cumprindo com  o compromisso feito no casamento. Valorize a fidelidade dele para com Deus. Se seu marido é infiel, essa deve ser uma área sensível e difícil para você. Ore, fale a verdade com amor, mantenha-se fiel e descubra de que maneiras você poderá cultivar a fidelidade em seu marido. A bíblia diz que os maridos “sejam ganhos sem palavras, pelo procedimento de sua mulher” (1Pe 3,1). Talvez você deseja pedir a ajuda de um casal ou de alguma  pessoa madura na fé.

Dia 9 – Tg 1:19b.

Muitas vezes estamos tão ocupadas falando, que sequer temos tempo para escutar. Somos tão ágeis em tecer um comentário – positivo ou  negativo – que realmente não escutamos o coração dos nossos esposos. Lembrem-se: temos dois ouvidos e uma única boca. Devemos ecutar mais!

Enquanto continua com o desafio dos 30 dias, evitando falar negativamente e enfocando-se na exortação positiva, escute a advertência do Senhor para o dia de hoje: “Seja pronta para ouvir”.

Se saber escutar for realmente um problema para você, faça esse teste. Tente ver se você pode escutar o seu marido por um dia inteiro, fale com ele somente se ele te fizer alguma pregunta. Se seu marido notar a diferença, explique a ele que você está trantando de escutar mais, não só a Deus, senão que também a ele.

Uma maneira fácil de você expressar admiração pelo seu marido, é perguntar  a ele  sobre as  coisas que ele gosta de fazer, e logo escutar sua resposta. Se diz respeito a algo que você está familiarizada, continue perguntando até aprender algo que você não sabia e então diga: “Uau, eu não sabia isso”!

Dia 10 Ct 1:16ª.

Todos necessitamos ser apreciados. Queremos saber que somos amados e valorizados. Certamente as cartas que vocês escreviam no começo do namoro refletiam admiração, mas se você descuidar, seu marido poderá se esquecer qual foi o motivo que te levou a interesar-se por ele. Se você ainda tem algumas dessas cartas, leia novamente, para encontrar nelas coisas que te incentivem a demonstrar hoje em dia, admiração  pelo seu marido.

Quando perdemos tempo criticando os nossos maridos, desperdiçamos um tempo que podia ser usado para admirá-los. Enquanto você pensa em uma forma de  encorajar o seu marido, pergunte-se: Como posso admirá-lo mais?

Seu marido sabe que você o acha atrativo? Quais foram as características dele que te atraiu? Foi uma característica física ou alguma outra?

Teria sido, seus olhos compassivos e amáveis? Sua bondade e seu desejo de ajudar aos demais? Confiança? A firmeza que resulta da sua cofiança no Senhor? Integridade moral em uma cultura carente de ética? Você pode enchergar alguma dessas características nele, ainda nos dias de hoje? Seja qual for, fale para ele!

Dia 11 – Ef 5:22.

As mulheres que constantemente são negativas em relação à seus maridos – principalmente aquelas que falam mal deles com os demais – demonstram uma grande falta de respeito. Seja determinante em não fazer isso hoje (nem nunca mais)! Este desafio de prestigiar o seu marido, está fortemente relacionado à submissão.

Os homens correspondem melhor para com as mulheres que os respeitam. O que você respeita no seu marido? Parte deste respeito inclui submissão à autoridade. Deixa que seu marido saiba que ao respeitá-lo se torna mais fácil para você submeter-se à sua liderança. Demonstra-lhe respeito em público escutando-o e sorrindo quando ele conversa. Segure a mão dele,  enquanto caminham juntos.

Se você sente que não há nada para se respeitar no seu marido… busque de forma mais intencional. Quase todos os homens possuem alguma característica que deve ser incentivada e respeitada. De qualquer forma, você deverá cultivar um espírito submisso, em relação à sua posição de liderança… “como ao Senhor.”

Dia 12 – Ef 4:2.

Parte da dificuldade que você enfrenta para continuar com o desafio dos 30 dias, é que você deverá esforçar-se por encontrar coisas positivas, para elogiar em seu marido. Talvez o problema não esteja no seu  marido. Você Já sondou seu próprio coração?

Ás vezes nos desilusionamos devido as nossas próprias expectativas infundadas e irrealistas(Pv 13.12). Talvez não seja que nossos maridos estejam fazendo algo mal, senão que talvez tenhamos  demasiadas expectativas em algumas áreas.

Nossas expectativas devem ser supridas somente por Deus, assim teremos a perspectiva correta para a cura e a graça, que necesitamos para dirigirnos a outros.

É triste saber que agradecemos mais aos de fora, que aos que convivem conosco em nossa própria casa. Hoje trata de ver seu marido por meio dos olhos da graça. Agradeça-o verbalmente, pelas coisas que ele tem feito até agora.

Dia 13 – Ct 7:10.

O relacionamento sexual, é  um dos fatores que  juntamente com o dinheiro e os filhos , podem desestabilizar o casamento, devido aos  muitos comentários negativos. O negativismo destrói a intimidade, mais o incentivo e a advertência edifica e fortalece a união no casamento.

Sejamos práticas aqui. Seu marido é um bom amante? Você já falou isso para ele? Seja específica. Deixa que ele saiba que te satisfaz. Muitos maridos desejam francamente satisfazer à suas esposas, principalmente nessa área tão importante do casamento.

Durante os momentos de intimidades, sua mente fica dando voltas? Isso pode mudar se você se enfocar em algo maravilhoso do seu marido. Você percebe se seu marido deseja ter intimidade com você? Ele te deseja?

Necessita ajuda nesta área do seu casamento? Lembre-se de que essa é uma área sensível para os homens. Assegura-se de afirmar sua masculinidade e sua forma de fazer o amor de formas  positas.

Dia 14 – Pv 20:7.

Toda semana recebemos notícias de homens que cairam em tentação e que hão comprometido o que dizem crer. Escutamos inúmeros casos de negócios desonestos e ilícitos, infidelidades escondidas e líderes hipócritas. É muito fácil nos enforcarmos nestas coisas e ignoramos aqueles que estão sendo honestos, fieles e verdadeiros.

Enquanto continua com o desafio dos 30 dias, tenha como meta buscar e encontrar, de que forma  seu marido vai em contra da cultura e do mundo. Seu marido é um homem íntegro? É correto em seus negócios com os demais? Compreende o significado de justiça? É honesto em seus negócios? É hipócrita no que se refere à sua fé? Reflita sobre as formas em como um homem pode viver em integridade, e eleogie seu marido por uma delas.

Quando tenha oportunidade e considere apropriado, comparta com outros a honestidade e a integridade do seu marido.

Dia – 15 – 2Pe 3:18.

Às vezes, por vivermos tão perto dos nossos maridos, falhamos em vê-los da forma como as demais pessoas os  vêem, e somente enchergamos suas falhas. Mas, dê uns passos para tráz. Talvez ele esteja crescendo de forma espiritual em alguns aspéctos que você deixou de apreciar. De que maneira refrescante e nova você poderia motivar seu crescimento? Lembre-se, seu marido é responsável diante de Deus por seu crescimento espiritual. Deus conta com você para incentivá-lo nesse crescimento,  e não para criar obstáculos.

Consegue identificar alguma área espiritualmente forte em seu esposo? Ele ora e lê a bíblia regularmente? Ele gosta de ler e discutir sobre temas espirituais? Frequenta a igreja com você? É um líder espiritural? O que dizem os demais sobre ele? Se você consegue enxergar alguma área específica, elogie-o por isso. Caso contrário, ore para que Deus trabalhe em seu coração, e fique atenta para ver os sinais do seu crescimento espiritual no futuro.

Dia 16 – Gn 2:18.

Deus disse que não é bom que o homem esteja só. Mas, as vezes as mulheres criticam tanto aos  seus  maridos, que eles podem chegar a desejar a solidão. Toma cuidado hoje para não criticar o seu marido, e busca formas de elogiá-lo, icentivá-lo pessoalmente e públicamente.

Por falar em comunicação. Seu marido se comunica com você? Deus te fez para ser companheira e ajudadora do seu marido, e parte de “uma só carne” com ele, e ter o privilégio de compartilhar e discutir necessidades pessoais e coisas que lhes correspondem.  Agradeça a Deus por esse maravilhoso presente. Agradeça  ao seu esposo por comunicar-se com você.

Se seu marido não se comunica da forma como você deseja, descubra quais são as formas común em que ele se comunica: dá-lhe um sorriso, concorde com ele balançando sua cabeça em  forma de sim, etc. Depois agradeça-o por demonstrar que você é importante para ele. Seja paciente com ele… e escute-o quando  ele quiser conversar.

Dia 17 – Pv 9:10.

Você é uma mulher sábia? Abre sua boca com sabedoria, como diz Provérbios 31.26? Lembre-se que neste desafio de 30 dias, a mulher sábia motiva a seu esposo.

Seu esposo é um homem sábio? Ele tem um ponto de vista  piedoso que provém de conhecer e caminhar em obediência com o Senhor?  Ele possui um sentido de propósito para sua vida e uma visão para seu lar? Demonstre a ele o quanto isso siginifica para você.

Se você não sabe com certeza qual é a visão do seu esposo para com o lar de vocês, pergunte: Amor, quais coisas você almeja conquistar para o nosso casamento e para o nosso lar nos próximos anos? Como eu posso te ajudar a conquistá-las? Se ele ainda não tiver uma visão, suas perguntas poderão ajudá-lo a elaborar uma.

Se o seu marido não está nos caminhos de Deus, ou se ele não o conhece, você tem a oportunidade e a responsabilidade de praticar a fé e criar nele uma sede de Deus. Agradeça a Deus por ter dado ao seu marido, um lugar em seu coração que só Ele pode preencher, e continue orando para que ele busque ao Senhor para preencher este vazio!

Dia 18 – Sl 16:11a; 144:15b, Pv 22ª

É difícil criticar os outros quando estamos desfrutando de sua companhia. Ao invés de criticar ou estar procurando pontos negativos, desfruta hoje do seu marido! Enquanto experimenta a plenitude do gozo no Senhor, compartilha esse gozo com o seu marido.

Seu marido tem um lado brincalhão? Um bom sentido de humor? Acaso existe dentro dele uma criança, que de vez em quando deseja escapara para refletir a alegría do seu coração?

Esta é uma maravilhosa parte de quem ele é e uma grande fortaleza. Permita-lhe saber que você aprecia sua alegria e seu espírito brincalhão. Encontre oportunidades para juntar-se a ele nos jogos positivos e alegres.

Se o seu marido é muito sério, anime-o de vez em quando com um espíritu alegre, o qual reflete um coração contente. Isso o ajudará a baixar o estréss e a relaxar-se.

 

Dia 19 - Ct 5:10-16 (Esta é a descrição de uma  esposa sobre o seu amado).

A crítica deixa cicatrizes, mas animar aos outros nos traz cura. Lembre-se disso ao focalizar o dia de hoje.

Quase nada é tão devastador para um homem, do que o fato dele acreditar que sua esposa o vê repulsivo. Infelizmente, muitas mulheres de uma forma não sábia, criticam o corpo e como refletem físicamente seus esposos.

Hás pensado no quão maravilhosamente Deus desenhou o homem e a mulher? Não importa como deve ser um homem de acordo aos padrões do mundo, um Deus amante os desenhou a todos e são lindos aos Seus olhos. Hoje, elogie  seu marido por ele ser único e especial.

Ao olhar para o corpo do seu marido, desde a ponta dos pés até sua cabeça calva ou cheia de cabelo, agradeça a Deus pelo fato de que seu marido foi ,“ maravilhosamente criado” logo, admire-o verbalmente ( por acaso ele tem braços fortes, peito cabeludo, mãos firmes, pés grandes, um lindo queixo, ombros largos, olhos ternos, ou um lindo sorriso)?

Dia 20 – Ef 4:32.

É hora de examinar um pouco o coração. Durante este período de desafio de 30 dias,você detectou alguma raíz de amargura que está contaminando sua relação com seu marido? Você compreende que enquanto não estiver disposta a perdoar o seu marido, fortalecida em Sua graça e poder, não terá capacidade para encorajá-lo? Isso se deve ao ressentimento que há no seu coração. Esse é o momento para se tratar com qualquer atituide de falta de perdão. Perdoa-o, da mesma maneira como Deus te perdoou.

Seu marido é um homem que perdôa fácilmente? Não tem contas pendentes? Demonstre a ele seu agradecimento no dia de hoje!

Seu marido guarda algum ressentimento contra você, seja ele justificado ou não? Novamente há coisas que você deve intervenir, ou, talvez necessite pedir-lhe perdão por alguma ofensa? Ajude seu esposo a ser um perdoador, sendo você a primeira a perdoar suas faltas.

Dia 21 – Mt 6:33.

Se vivemos à luz da eternidade, tudo o que pensamos ou fazemos deve ser visto desde uma perspectiva eterna. Nos daremos conta do nosso fracasso ao falarmos palavras de amor e de ânimo. Determine que a partir de hoje, suas palavras serão amáveis e edificantes.

Seu marido possui uma perspectiva da vida eterna, o que lhe permite aborrecer o materialismo e as coisas temporais? Demonstre sua gratitude por estes sistemas de valores, e o elogie por colocar em primeiro lugar as coisas eternas, ao invés das riquezas e coisas deste mundo.

Caso esta área seja um problema para ele, pense de que maneira você poderia modificar seu próprio sistema de valores diante dele, e assim animá-lo através do seu exemplo a fazer o mesmo. Somente duas coisas irão para a eternidade – a palavra de Deus e as pessoas. Certifique-se de manter o enfoque nas coisas corretas.

Dia 22 – Cl 4:6a.

Hoje, concentre-se em ver de que forma você representa o seu marido no seu lar, na sua igreja e na sua comunidade. Pergunte-se: “se tudo o que a minha familia e os meus amigos soubessem a respeito do meu marido, fosse um resumo das coisas que eu tenho falado a respeito dele,o que elas  pensariam do meu marido?  Necessitará modificar o seu discurso?

Fala do seu esposo aos demais de uma forma positiva, ou somente queixas e críticas? Sua forma de falar deve refletir o amor de 1Co 13. Suas palabras devem ser amáveis e nunca devem alegrar-se  com a injustiça  (v.6). Deixe de relatar aos demais às faltas do seu marido. Satanás gosta de nos tentar com isso. Tenha cuidado ao compartilhar motivos de orações repletos de comentários maldosos, sobre seu relacionamento.

Lembre-se: “o amor cobrirá a multidão de pecados” (1ª Pedro 4:8b). Hoje, apresente o seu marido perante aos demais de uma forma positiva. Fale algo bom sobre ele. Resista á necessidade de corregí-lo ou diminuí-lo diante dos  demais. Talvez algum comentário seu possa chegar aos ouvidos dele, e então você desejará que suas palavras sejam dóceis, palavras que constróem e não que destróem.

Não se esqueça: sempre estará criticando –ou animando- frente à uma audiência. Deus sempre escuta suas conversações, quando você está sozinha com seu esposo em sua própria casa. Tomara que o seu falar esteja sempre temperado com a graça. 

Dia 23 – Cl 4:6a

Já se aproxima o final dos trinta dias. Um recordatório sobre o que foi comprometido a fazer até aquí:

“Não se pode falar nada negativo sobre o seu marido – ao seu marido – e nem a nenhuma outra pessoa sobre seu marido.” Cada dia fale algo que você admira ou aprecia no seu esposo – ao seu esposo- e a alguém mais.

“Em tudo te dá por exemplo de boas obras;” (Tito 2:7a).

Este desafio de 30 dias lhe está parecendo muito trabalhoso, ou está se transformando em um exercício de ser semelhante a Cristo no seu lar? Estamos apenas começando a ver as diversas formas,  nas quais você poderá aconselhar ou incentivar ao seu marido.

Seu marido é organizado? Cuidadoso? Persistente? Todas essas características provém de uma conduta disciplinar que são dignas de um elogio. Se você nota essas qualidades nele, incentive-o!

Alguns homens não desenvolveram essas características por serem mais espontáneos em sua forma de ser. Elogie sua espontaneidade! Talvez, Deus tenha colocado você ao lado dele para ajudá-lo nessas disciplinas que ele todavía não há adquirido, mas lembre-se que reclamando não será uma boa forma de ajudá-lo. Ajude-o a se organizar!

Seja qual for a necessidade dele, você poderá ser a animadora ou a incentivadora do seu marido, animando-o quando ele  queira dar-se  por vencido.

Dia 24 – Ef 6:4

As crianças podem servir de estímulo ao relacionamento conjugal. Uma esposa sábia afirmará a liderança do seu marido da melhor maneira possível, e o elogiará por suas qualidades como pai. O negativismo faz com que o homem se sinta fracassado e pode levá-lo a querer jogar a toalha!

Seu marido disciplina as crianças com sabedoria? Ele lhes demonstra amor e as encoraja? Se interessa pelas atividades e pelos sonhos delas? Passa tempo com eles? Participa no que diz respeito ao desenvolvimento do caráter das crianças? Busque elogiá-lo por estas atitudes e qualidades tão importantes.

Se vocês não têm filhos, mas seu marido é um exortador positivo dos filhos de outras pessoas, demonstre a ele que você nota isso nele.

Se o seu marido não consegue desenvolver relações positivas com as crianças, você deve verificar o  porquê. Talvez, ele em sua infância tenha tido experiências negativas com seus próprios pais, e precisa aprender a relacionar-se. Talvez você de uma forma amorosa e paciente possa ensiná-lo a  como ser pai, sem que isso retire a autoridade dele na casa.

Dia 25 – Sl 34:14b; Is 26:3

Antes de examinar se estes versos descrevem ao seu marido, considere sua própria atitude em seu  lar.Você provoca uma atmosfera de paz, ou melhor profere com sua boca palavras de críticas? Tem lutas com a ira? Se for assim, antes de continuar com este desafio, confesse a Deus seus hábitos pecaminosos e determine falar palavras pacíficas à sua família hoje.

Seu marido tráz para dentro de casa uma atmosfera de paz? Logra com sua presença uma influência que acalma? Ele tráz para casa, música, diversão, livros ou pessoas que proporcionam serenidade ao lar? Deixe-o saber o quanto você aprecia esta qualidade maravilhosa e apóie suas escolhas.

Se por outro lado, ele se enfurece fácilmente ou provoca caos ao invés de calma, peça a Deus que te encha de Sua abundante paz, de tal forma que lhe fale ao seu coração. Seja paciente e amorosa. Proporcione um ambiente convidativo de paz, o melhor dentro do possível.

Dia 26 – Lc 2:52

Se você vem animando ao seu marido fielmente, com certeza há notado mudanças na vida dele e também na sua. O ânimo e o incentivo são hábitos maravilhosos, que esperamos que você possa cultivá-los para o resto da sua vida.

O importante é continuar crescendo em Cristo e seguir obedecendo à Palavra de Deus ao responder ao seu marido. Enquanto pensa em como abençoar ao seu marido hoje, ao invés de criticá-lo, verifique de que forma poderá motivar este equilibrio em seu lar.

Jesús vivía uma vida equilibrada. Ele cresceu mentalmente, físicamente, espiritualmente e socialmente. Ao observar o crescimento do seu esposo nestas áreas, percebe algum padrão? Estará ele tentando encontrar este equilíbrio? Se for assim faça-o saber que você percebeu, e pregunta-lhe de que maneira você pode contribuir para que ele alcance um equilíbrio em seu crescimento.

Caso seu esposo não esteja vivendo este equilíbrio, ou se enfoca muito em uma determinada área deixando de lado outra(s), pensa se há uma maneira na qual você pode ajudá-lo a restarar ou obter um equilíbrio em sua vida. Poderia estimulá-lo a fazer exercícios? Talvez fazer com que as crianças façam silêncio enquanto ele estuda, ou tenha seu tempo devocional? Convidar amigos para um jantar em casa?  Estimular sua mente?

Lembre-se de que você também está trabalhando para obter seu próprio equilibrio, assim que, seja um exemplo!

Dia 27 – Sl 31:24

Já está quase terminando o desafio de 30 dias. Talvez você teve que ser muito valente, para poder dizer constantemente ao seu esposo, palavras de ânimo. A coragem vem, quando nossa confiança está colocada em Deus. Tenha fé em que Deus continuará trabalhando mesmo depois, quando suas palavras de ânimo tenham terminado.

Há muitos homens fortes no mundo, mas, a verdadeira coragem vem do Senhor. Seu marido demonstra coragem para posicionar-se sobre algo pouco popular, como talvez enfrentar sozinho a maldade? Ele é valente em sua fé? Trabalha duro para confrontar a injustiça? Fala a verdade? Protege a você e a sua família contra os ataques do inimigo?

O salmo 27:14 diz que este tipo de coragem provém de  ESPERAR NO Senhor, para obter Sua força. Se o seu orçamento permitir, “recompensa” o seu marido com uma “medalha ou troféu”, ou algo que represente a coragem dele como homem de Deus. Faça elogios ao ver que seu marido demonstra valentia ao proteger a você, o casamento, a família e o lar de vocês.           

Dia 28 – Sl 31:24

Às vezes quando sabemos que estamos certas e que nosso marido está errado, é necessário muita humildade para poder honrá-lo. É difícil falar bem dos nossos maridos quando nossos corações estão cheios de orgulho.

Como parte do desafio de hoje, ore para poder responder ao Senhor em fé e humildade, antes de reacionar frente ao seu marido. Fale com sabedoria e deixe os resultados a Deus.

A humildade que provém de uma relação correta com Deus, bem como a humildade que vem quando um homem está desejoso de escutar a Deus e de ser ensinado por sua Palavra, é verdadeiramente uma qualidade preciosa. Jesus foi um exemplo desta clase de humildade, quando estava disposto a submeter-se à vontade do Seu Pai (João 6:38; Mateus 26:39).

Dia 29 – Pv 27:12

A partir de agora até o fim deste desafio, dedica um pouco de tempo para refletir sobre as atitudes do seu marido, em relação à cultura, aos meios de comunicação, etc. Seu marido reconhece ou evita o mal? Ele dá as costas regularmente à pornografía, as tentações sexuais e à necessidade de mentir e enganar?

Esta é uma característica valiosa. Assim como fez José, que fugiu dos assédios da esposa de Potifar no Antigo Testamento, para isso é necessário uma compreensão de que estas classes de pecado são grandes em contra de Deus. (Gn 39:9).

Elogia o seu marido, quando ele reconhece à maldade e lhe dá as costas. Se você consegue pensar em alguma circunstância na qual seu marido se coloca do lado da justiça, faça-o lembrar disto hoje e expresse a ele sua gratidão. 

Dia 30 Ct 5:16b

Os amigos podem ser totalmente honestos um com o outro, mas, as amizades correm perigo quando a verdade não é dita com amor. Como você está falando com o seu amado? Está tão acostumada a ele, que não aprecia quão bela é esta amizade? Este é o seu desafio para hoje!

Seu marido é o seu melhor amigo? Ele sabe disso? Você já lhe disse ou presume que ele saiba?

A amizade é algo que se cultiva através dos bons tempos e também dos maus tempos. Os amigos podem compartilhar seus corações, mas não devem esmagar seus corações.

Uma forma de ter e ser um bom amigo, é cultivando e comemorando essa relação. Enquanto completa este desafio, comemore sua amizade com seu marido. Busca um lugar reservado e reflita sobre isso. Escreva uma carta contendo uma lista das qualidades que você admira e respeita nele. Se você é uma pessoa inspirada com as palavras, escreva-lhe um poema e coloca-o em um quadro.

Talvez, você possa também preparar uma comida especial só para vocês dois, e então leia para ele a  carta ou o poema. Pergunta-lhe se você pode orar por ele, e se ele estiver disposto, dá graças a Deus pelo amor e pela amizade que os une. Peça uma bênção especial para sua casa.

Como você viu nestes últimos 30 dias, a exortação é sinónimo de amor em ação.

Minha amiga, de que maneira este desafio modificou seu coração e sua vida? Deus te deu ânimo, enquanto buscava formas de animar ao seu marido? Acaso, houve dias difíceis nos quais você simplesmente teve que confiar em que Deus estava trabalhando? Houve dias em que foi difícil deixar os resultados a Ele? Lembre-se de que Deus é fiel, e Ele te abençoará por sua disposição em   lhe obedecer. Os caminhos dEle não são os seus, e talvez Ele te honrrará de uma forma inesperada, mas uma coisa é certa: você nunca mais será a mesma, devido ao seu comprometimento em ser mais como Cristo!

 Aviva os Nossos Corações, editado por Nancy Leigh DeMoss.  

Usado com Autorização.

Info@AvivaNuestrosCorazones.com